>

Como bom vassalo que sou
Não nego-te minha pobreza
Porém mais do que muitos burgueses
Em meu coração tenho nobreza

Fico aqui todas as noites
Olhando a admirar
Tua bela e doce figura
Que reluz ao luar

Pode ser apenas um sonho
De um vassalo sem grandes glórias
Mas tristes dos que não sonham
Pois não tem metas para fazerem história

Espero-te minha princesa
Com minha alma a se acalmar
Pois no fundo tenho a certeza
Que de um dia iremos nos juntar

Quando isso acontecer
Serei teu protetor
E juntos viveremos
Nosso ardente e puro amor

_____________________________________________________________

Mais poemas em: http://www.minhaspoesias.com

Para ver meus poemas no site, clique aqui

Abraço!