Quem me vê assim
Não sabe o que passo
Uma solidão sem fim
Barreira que não ultrapasso

Quem vê esta face
Não sabe o que sinto
Pois guardo em minha mente
Lembranças que pinto

Recordações saudosas
Que trazem nostalgia
Imagens formosas
Misturam tristeza e alegria

Por vezes quero lembrar
Em outras ocasiões não
Pois isso me queima
Arde em meu coração

Mas no fundo quero isso
Reservo-as para mim
Lembranças doces e salgadas
Não quero que tenham fim

Das velhas lembranças
Hoje tenho saudade
E sei que posso dizer
Que já vi a felicidade

Agora preciso voltar
Para a realidade
Pois preciso retornar
À minha vida de verdade

_____________________________________________________________

Mais poemas em: http://www.minhaspoesias.com/


Para ver meus poemas no site, clique aqui


Abraço!